Os anexos dos juizados especiais cíveis instalados nos três principais aeroportos do Estado de São Paulo registraram 1.488 reclamações entre 5 de junho e 20 de julho, período de atendimento diferenciado em razão da Copa do Mundo de futebol. Do total, 28% delas (427) resultaram em acordo entre passageiros e companhias aéreas. As principais queixas recebidas relacionaram-se a falta de assistência pelas aviações (550), seguidas por falta de informação (450), voos atrasados (105), problemas com bagagem (85), cancelamento de voos (71) e overbooking (54). Cumbica liderou a quantidade de reclamações (1.294), Ó  frente de Congonhas (113) e Viracopos (81), que, por sua vez, foi o aeroporto com maior índice de acordos firmados (41%) – Cumbica e Congonhas tiveram, respectivamente, 29% e 20%. Fonte: TJSP Imagem meramente ilustrativa.